Sábado, 17 de Abril de 2010

A brincalhona, os papéis e o factor de progresso

“Temos sempre defendido que a avaliação é um factor de progresso. Os professores, ao saberem que vai ser reconhecido o seu esforço e o seu mérito, naturalmente que investem mais e melhor, porque isso é humano”. Palavras de Isabel Alçada.

 

Ainda acham simpático o sorriso da Ministra da Educação?

 

Há, nestas baboseiras de Isabel Alçada, um conceito pateta associado a uma dimensão paralela e distante: o reconhecimento do esforço e do mérito!

 

É um conceito pateta porque, na realidade, o esforço e o mérito não são efectivamente medidos, partindo do princípio que estamos a falar do “esforço” por se tentar ser um excelente professor e do “mérito” por se ser um excelente professor. Excelente, ou muito bom, tanto faz.

 

A única coisa que a actual avaliação de desempenho dos professores mede, realmente, é o esforço para preparar e preencher uns quantos papéis! É o chamado “investimento no papel”. Um investimento apreciado por Isabel Alçada, note-se. Num país atrasadinho, como é o nosso, o papel parece que é o que mais importa. Tristes de nós.

 

Nas escolas portuguesas, o único factor de progresso real seria a intolerância da indisciplina!

 

Porquê? Temos os recursos humanos e materiais necessários. A nível curricular, pode dizer-se muita coisa, mas os países que estão no topo a nível de Educação, têm grandes diferenças ao nível do currículo. Uns têm alguma avaliação de desempenho, outros nem por isso. O que estes países têm em comum, que Portugal não tem, é a intolerância para com a indisciplina. Andamos a brincar, a querer copiar modelos daqui e dali, mas não queremos copiar aquilo que é basilar, que todos têm e nós não temos. Curioso, digo eu. Um passo que ainda estamos bem longe de dar. 

 

publicado por pedro-na-escola às 10:14
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De il pene a 22 de Abril de 2010 às 16:27
o que é um bom blog! realmente muito bonito, você tem sorte grande!


Comentar post

~posts recentes

~ E a Terra é plana…

~ A propósito dos melhores…

~ A propósito de oportunida...

~ A propósito das paranóias...

~ Especialistas em educação

~ O que vai ficar por fazer

~ Nuno Crato e a definição ...

~ Mega-Agrupamentos 4 - a p...

~ Mega-Agrupamentos 3

~ Mega-Agrupamentos 2

~ Mega-Agrupamentos

~ O segredo do sucesso nas ...

~ A anedota da vaca

~ Por falar em reduzir as d...

~ Agressividade de autores ...

~ Brincando às competências...

~ Pois, realmente, não foi ...

~ Contas ao número de aluno...

~ Reforço da autoridade dos...

~ Incompetência ao rubro...

~links

~arquivos

~ Julho 2011

~ Junho 2011

~ Maio 2010

~ Abril 2010

~ Março 2010

~ Novembro 2009

~ Outubro 2009

~ Setembro 2009

~ Agosto 2009

~ Julho 2009

~ Junho 2009

~ Maio 2009

~ Abril 2009

~ Fevereiro 2009

~ Janeiro 2009

~ Dezembro 2008

~ Novembro 2008

~ Outubro 2008

~ Abril 2008

~ Março 2008

~ Fevereiro 2008

~ Janeiro 2008

~chafurdar no blog

 
RSS