Sábado, 29 de Agosto de 2009

Corrida aos plágios e às tretas

Abriu a corrida aos plágios e às tretas, na sequência da misteriosa prova pública que dá um bilhete de entrada para o novo e misterioso concurso para acesso à categoria de professor titular.

 
Supostamente, a larga maioria dos professores está contra a divisão da carreira, contra o modelo-faz-de-conta de avaliação de desempenho, contra a ministra e os seus secretários de estado, e mais uma série de coisas. Mas, quer-me parecer que está quase tudo a mandar-se para a prova pública.
 
Porquê? Por causa do dinheiro, claro. Na nossa classe não há a desejada união, por causa do dinheiro. Se querermos ser, algum dia, uma classe unida, o caminho para lá chegar passará obrigatoriamente pelo dinheiro. O dinheiro que cai mensalmente na nossa conta, entenda-se.
 
Quanto ao bonito trabalho escrito que serve de base à prova pública, o que mais vai haver é plágios e tretas. Plágios de trabalhos de pós-graduações e mestrados, plágios de outros trabalhos, e tretas, muitas tretas. Quem já começou a fazer o seu – e vários colegas confessaram-me já terem o trabalho pronto -, ri-se das tretas que para lá largou, umas copiadas do colega do lado, outras tiradas da internet, outras muito inventadas entre duas gargalhadas. Até há trabalhos em conjunto, aproveitando o facto de as provas virem a ser defendidas em distritos diferentes.
 
A noção de que bastam umas quantas tretas cor-de-rosa por escrito e dois dedos de conversa fiada para arrumar a prova, parece generalizada.
tags:
publicado por pedro-na-escola às 23:42
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De elisa a 30 de Agosto de 2009 às 17:00
É urgente acabar depressa com a mais ijusta medida q alguma vez a educação viu - a titularite - não serve para nada a n ser para criar a mais pura lei da selva q só fará mal a todos os Profs -- e olhem q isto é só o começo , pensem bem nas consequências nefastas da titularite , ainda n vi ninguém falar nisso, porq será????? fico por aqui....


De pedro-na-escola a 30 de Agosto de 2009 às 21:25
Agora vai haver os "titulares com prova" e os "titulares sem prova... como se já não bastasse haver os titulares e os outros... enfim...


De linda a 31 de Agosto de 2009 às 00:44
É pena a falta de união. Concordo totalmente com os esquemas para a realização dos trabalhos. Há meses que se fala disso...


De linda a 31 de Agosto de 2009 às 00:50
correcção ao comentário feito. Não concordo com os esquemas. Concordo é que há muito que começaram a ser feitos os esquemas e até encomendas de trabalhos. Claro que vamos ficar na mesma. Alguns talvez...com mais uns cêntimos no bolso. Como se isso resolvesse alguma coisa.


Comentar post

~posts recentes

~ E a Terra é plana…

~ A propósito dos melhores…

~ A propósito de oportunida...

~ A propósito das paranóias...

~ Especialistas em educação

~ O que vai ficar por fazer

~ Nuno Crato e a definição ...

~ Mega-Agrupamentos 4 - a p...

~ Mega-Agrupamentos 3

~ Mega-Agrupamentos 2

~ Mega-Agrupamentos

~ O segredo do sucesso nas ...

~ A anedota da vaca

~ Por falar em reduzir as d...

~ Agressividade de autores ...

~ Brincando às competências...

~ Pois, realmente, não foi ...

~ Contas ao número de aluno...

~ Reforço da autoridade dos...

~ Incompetência ao rubro...

~links

~arquivos

~ Julho 2011

~ Junho 2011

~ Maio 2010

~ Abril 2010

~ Março 2010

~ Novembro 2009

~ Outubro 2009

~ Setembro 2009

~ Agosto 2009

~ Julho 2009

~ Junho 2009

~ Maio 2009

~ Abril 2009

~ Fevereiro 2009

~ Janeiro 2009

~ Dezembro 2008

~ Novembro 2008

~ Outubro 2008

~ Abril 2008

~ Março 2008

~ Fevereiro 2008

~ Janeiro 2008

~chafurdar no blog

 
RSS