Domingo, 2 de Março de 2008

O nível 3

A Direcção-Geral de Educação do Norte (DREN) não irá instaurar qualquer processo disciplinar ao professor Manuel António Cardoso, da Escola 2/3 de Ribeirão, Famalicão, que segunda-feira, no programa ‘Prós e Contas’ da RTP, acusou um inspector de sugerir que naquele estabelecimento de ensino não houvesse retenções no 9.º ano de escolaridade.
No programa, o professor denunciou que um inspector tinha pressionado a escola no sentido de que “todos os alunos deveriam ter nível 3, no mínimo”. Tais declarações estariam numa acta.
Em comunicado, a escola desmentiu as afirmações do professor divulgando excertos da acta. Também o professor – apesar de não negar as pressões – pediu desculpa, numa carta, pela atitude e disse que não teve intenção de ofender nem a ministra da Educação nem o inspector. Desculpou-se com o “momento de profunda emoção” do debate televisivo. O docente pede desculpa pela forma, mas não desmente o conteúdo das declarações.
A directora regional de Educação do Norte, Margarida Moreira, avançou ao CM que o caso não terá consequências na DREN, a não ser que haja uma queixa por parte dos ofendidos. “Só haverá continuação desta situação se a direcção da escola ou o inspector em causa quiserem avançar com a queixa”, adiantou.
Lamentou, porém, as declarações do professor, referindo que “um docente deve ser mais ponderado”.
in Correio da Manhã
 
Mas, afinal, como é?
 
Não querendo ser maldoso e mete-nojo, mas tão só e apenas realista, ocorre-me a facilidade com que, nos dias de hoje, se pode fazer uma falcatrua numa acta, apagando ou acrescentando conteúdos. É fácil, é barato e, quem sabe, pode dar “milhões”. Tudo depende das apostas em jogo.
 
Quanto a ser ponderado… Ser ponderado, é não chamar besta ao inspector. Ser ponderado, é não esticar uma verdade de 20 cm, aldrabando-a até aos 40. Ser ponderado, é não ir além do essencial, com divagações pessoais. Ser ponderado, é não generalizar acusações individuais.
 
Se o colega não nega os acontecimentos e a escola diz que não aconteceram, continuamos na mesma. Luz - precisa-se…
publicado por pedro-na-escola às 14:26
link do post | comentar | favorito

~posts recentes

~ E a Terra é plana…

~ A propósito dos melhores…

~ A propósito de oportunida...

~ A propósito das paranóias...

~ Especialistas em educação

~ O que vai ficar por fazer

~ Nuno Crato e a definição ...

~ Mega-Agrupamentos 4 - a p...

~ Mega-Agrupamentos 3

~ Mega-Agrupamentos 2

~ Mega-Agrupamentos

~ O segredo do sucesso nas ...

~ A anedota da vaca

~ Por falar em reduzir as d...

~ Agressividade de autores ...

~ Brincando às competências...

~ Pois, realmente, não foi ...

~ Contas ao número de aluno...

~ Reforço da autoridade dos...

~ Incompetência ao rubro...

~links

~arquivos

~ Julho 2011

~ Junho 2011

~ Maio 2010

~ Abril 2010

~ Março 2010

~ Novembro 2009

~ Outubro 2009

~ Setembro 2009

~ Agosto 2009

~ Julho 2009

~ Junho 2009

~ Maio 2009

~ Abril 2009

~ Fevereiro 2009

~ Janeiro 2009

~ Dezembro 2008

~ Novembro 2008

~ Outubro 2008

~ Abril 2008

~ Março 2008

~ Fevereiro 2008

~ Janeiro 2008

~chafurdar no blog

 
RSS