Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008

Faz favor de voltar imediatamente

Como se faz para mandar de volta à escola os “alunos” excluídos por faltas, já fora da escolaridade obrigatória? É uma receita simples. A direcção regional de educação, na posse de dados sobre os alunos em causa, cuja comunicação é obrigatória, envia uma carta inflamada para os encarregados de educação, exaltando o patético “referencial mínimo dos portugueses”: o 12º ano. Na carta, dá o nome do presidente do Conselho Executivo, fulano tal, que se encarregará de reintegrar o aluno, através de uma qualquer oferta educativa. A palavra “imediatamente” surge de forma contundente, a ponto do encarregado de educação pensar que, se não compactuar com a vontade do remetente, no dia seguinte terá a GNR a levá-lo algemado para um Gulag qualquer. Cópia da carta é enviada à escola, ao cuidado do Conselho Executivo, que é apanhado de surpresa, não conseguindo acreditar que tal palhaçada seja possível. Porque, de facto, é uma palhaçada! Só pode! Os directores de turma e o conselho de turma não conseguem encontrar qualquer suporte legal que sustente o regresso do aluno e, em muitos casos, desesperam com os efeitos nefastos que o retorno de um adolescente com o rei na barriga terá na turma. Os miúdos percebem que as faltas deixam de contar e, em pouco tempo, deixamos de ter um ou dois alunos em risco de abandono, e passamos a tê-los às mãos cheias. Se é que se pode chamar abandono a uma situação destas, porque, por lei, o abandono escolar acontece quando um aluno que é obrigado a frequentar a escola deixa de o fazer. A ministra quer, a ministra pode, a ministra manda. Amén!
publicado por pedro-na-escola às 01:00
link do post | comentar | favorito

~posts recentes

~ E a Terra é plana…

~ A propósito dos melhores…

~ A propósito de oportunida...

~ A propósito das paranóias...

~ Especialistas em educação

~ O que vai ficar por fazer

~ Nuno Crato e a definição ...

~ Mega-Agrupamentos 4 - a p...

~ Mega-Agrupamentos 3

~ Mega-Agrupamentos 2

~ Mega-Agrupamentos

~ O segredo do sucesso nas ...

~ A anedota da vaca

~ Por falar em reduzir as d...

~ Agressividade de autores ...

~ Brincando às competências...

~ Pois, realmente, não foi ...

~ Contas ao número de aluno...

~ Reforço da autoridade dos...

~ Incompetência ao rubro...

~links

~arquivos

~ Julho 2011

~ Junho 2011

~ Maio 2010

~ Abril 2010

~ Março 2010

~ Novembro 2009

~ Outubro 2009

~ Setembro 2009

~ Agosto 2009

~ Julho 2009

~ Junho 2009

~ Maio 2009

~ Abril 2009

~ Fevereiro 2009

~ Janeiro 2009

~ Dezembro 2008

~ Novembro 2008

~ Outubro 2008

~ Abril 2008

~ Março 2008

~ Fevereiro 2008

~ Janeiro 2008

~chafurdar no blog

 
RSS